Notícias

Faurecia, o maior fornecedor da Autoeuropa, despede 100 trabalhadores temporários

Comissão de Trabalhadores está muito preocupada com estes despedimentos, que já rondam o milhar no conjunto das empresas do parque industrial da Autoeuropa, em Palmela.

Faurecia, maior fornecedor de componentes automóvel da Autoeuropa, vai dispensar cerca de 100 trabalhadores, todos temporários, com contrato precário.

A informação foi avançada na terça-feira pela administração à Comissão de Trabalhadores (CT) e fundamentada na redução drástica dos volumes de produção.

A Faurecia retomou a atividade na terça-feira, tal como a Autoeurpa, mas apenas com um terço dos trabalhadores. Os restantes estão em casa, usando os “down-days” ou ao abrigo do “lay-off” simplificado, com redução de um terço nos rendimentos.

Mas a incerteza é grande também para os contratados a termo e até efetivos. Ainda há pouco mais de um mês a administração tinha garantido que manter todos os 520 postos de trabalho.

Esta fábrica não depende exclusivamente da marca alemã. Mas a outra grande cliente, que garante quase 50% da produção, a Jaguar Land Rover, de Inglaterra, também só regressa ao trabalho a 24 de maio, de forma progressiva.

Em comunicado, a Comissão de Trabalhadores manifesta-se muito preocupada com estes despedimentos, a que já se juntam mais outros nas mesmas condições noutras empresas do parque industrial da Autoeuropa, em Palmela, e que já rondam o milhar.

A CT alerta para o impacto que a Covid-19 continuará a ter na indústria automóvel e na destruição dos seus postos de trabalho, já que “comprar um automóvel não será um bem essencial para os que perderam os seus rendimentos e postos de trabalho”.

Fonte: Renascença

Tags
Mostrar Mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close