NotíciasNovidades

Volkswagen contrata 100 pessoas para centro digital português em 2021

A Volkswagen Digital Solutions (VWDS) vai reforçar a sua equipa em 2021 com a contratação de mais 100 colaboradores que irão juntar-se aos outros 200 elementos que já estão a trabalhar no desenvolvimento de novas soluções tecnológicas para a marca alemã

Os perfis procurados pelo centro digital cobrem áreas como gestores e designers de produto, programadores de software e várias posições de suporte. A VWDS conta com três unidades de desenvolvimento em Portugal: o centro de desenvolvimento de software (SDC:LX), o espaço digital para a marca MAN (MDH) e ainda os serviços de gestão de aplicações (AMS).

O centro de desenvolvimento de software está focado em produtos para os consumidores em várias áreas do grupo. É neste local que está a ser construído software que permite aos vendedores gerir todo o processo de encomenda de um automóvel, desde a configuração até à entrega ao cliente. O espaço digital para a MAN desenvolve soluções tecnológicas para a área da logística e do transporte de veículos comerciais, o que permite recolher dados sobre a condução dos motoristas e encontrar formas de os tornar mais eficientes para o ambiente e para a longevidade dos camiões.

Na unidade AMS são criadas plataformas para ajudar os serviços móveis da unidade de automóveis ligeiros do grupo. Este departamento também ajuda a secção de compras da Volkswagen a reduzir custos. No futuro, esta unidade vai também desenvolver software.

Todas as soluções desenvolvidas em Portugal acabam por ter impacto no desempenho dos mais de 500 mil trabalhadores do grupo a nível mundial. O fabricante alemão está a transformar-se cada vez mais numa empresa tecnológica.

O talento, o crescimento da comunidade tecnológica, a qualidade de vida e o nível de formação das universidades levaram a Volkswagen a reforçar a aposta em Portugal. No seu centro digital, os 200 trabalhadores são de 16 nacionalidades: além de portugueses, há funcionários da Sérvia, Brasil, Irlanda, Roménia, África do Sul e Índia. As mulheres representam um quarto da equipa, que mistura talentos mais jovens com perfis mais experientes.

E foi o desempenho da equipa em Portugal que convenceu os responsáveis na Alemanha a alargar a equipa nos próximos três anos, que terá pelo menos 450 elementos até ao final de 2023. Ou seja, depois deste ano, haverá mais 150 pessoas a juntarem-se à equipa tecnológica.

Fonte: Dinheiro Vivo

Tags
Mostrar Mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close